sexta-feira, 7 de março de 2008

Quais são os efeitos do tabaco?


anónimo perguntou... Qual é o efeito do cigarro?

Hoje em dia, muitas pessoas fumam. Mas na verdade poucas pensam no efeito do tabaco.

Quando se fuma um cigarro o seu efeito não é apenas físico. Aliás, a principal razão pela qual se começa a fumar é o seu efeito social, psicológico. Fumar, é visto culturalmente como um acto de afirmação, um símbolo de descontracção, sociabilidade, etc. Normalmente as pessoas começam a fumar dentro de um grupo de fumadores. Assim, fumar tem uma grande carga social. Muitas vezes, pensas que ao fumares junto dos teus amigos, vais ser melhor aceite por eles. No entanto não fumar é também uma forma de afirmação pessoal. Pois, ao não aderires ao que um grupo faz, mostra que és capaz de pensar por ti próprio e avaliares o risco que corres ao adoptar um comportamento.

Ao fumar um cigarro milhares de substâncias são produzidas e transportadas para os pulmões. Quando aí chegam vão ter efeito não só nos pulmões como no restante corpo, pois passam para a corrente sanguínea.

Algumas dessas substâncias são: nicotina, amoníaco, ácidos, monóxido de carbono, alcatrão e outros agentes que provocam o cancro. Podem provocar problemas respiratórios, tosse, diminuição do oxigénio no sangue.

Normalmente, as pessoas dizem que fumar acalma. É um erro! Isso diz-se porque, os fumadores quando não fumam, ficam muito ansiosos, e só depois de fumarem é que se sentem menos agitados. Quando isso acontece pode-se dizer que a pessoa está dependente. .
No entanto, o tabaco é um excitante. Fumar um cigarro faz com que o coração bata mais depressa, se respire mais vezes, e a tensão arterial aumente.

Assim, fumar traz consigo consequências para o corpo. Como tu sabes, fumar mata. Fumar vicia. Fumar chupa-te o dinheiro todo. Ao longo de anos a fumar, o teu corpo modifica-se e os teus órgãos, como por exemplo os pulmões, começam a degradar-se. Lembra-te sempre que a vida é para ser gozada. Pensa, se é a fumar que a podes aproveitar melhor.

14 comentários:

Anónimo disse...

mt bm

Anónimo disse...

não fume já experimentei e não é bom por favor não fumem

Anónimo disse...

é pah ... se formos a ver de outros pontos de vista " tudo em excesso mata " e por sua vez , o acto de consumo excessivo acaba por viciar ( cria a tal dependencia )


por exemplo: o tema " amor " é vasto, mas se formos analisar isto mais ao promenor , o amor neste caso o sentir " desejado,e a necessidade de amar " é um vicio!!
e a sua excessividade acaba por " matar! " a relaçao em si!! e por sua vez cria dependencia, de ir á procura de outro amante!!, por isso (( tudo em excesso mata ))

e nao venhas com tretas que estamos a falar de coisas diferentes! tudo nesta vida tem fundamento e uma razao de logica, e quando publicas-te este post, tens que tar ciente que nao podes omitir informaçao, e explica-la como deve de ser. neste caso tu és apoiante no senso comum!
pois la esta, nao estou a dizer que eu estou certa! nao! apenas quero referir que em uma ipotese tens sempre a segunda ipotese, e assim sucivamente...

"lembra-te que neste mundo nada se encontra esclarecido, apenas existe ipoteses de respostas esclarecidas... "

por isso é tudo muito vasto!

bem tentando nao fugir mais ao assunto devo de te dizer que:

há duas formas de "matar":
psicologicamente
e fisicamente

ambas as duas sao validas!

se um individo esta morto " psicologicamente" o seu estado fisico tambem esta condicionado!
ver no dicionario: [depressao e etc.]

no mesmo caso que o individuo ja esta morto fisicamente nao tem poder de argumentaçao obvio!!

por isso quando as pessoas falam em matar (( fumar mata ))
será que ja pensas-te que...
exemplo:
os comprimidos?
a alimentaçao que fazes?
a tua rotina?
os teus problemas?
etc..

nao te mata? ...
ja pensas-te na possiblidade... na qual desde que nasces da barriga da tua mae ( entras no processo de velhecimento obvio!.. na qual distinguimos por criança; jovem ; adulto ; velho ... nesse tempo todo ate entrarmos no processo de morte defenitiva... ja nao te estas a te auto-destruir??

será que so o fumar mata?

se o estado nao tivesse interesse em manter o tabaco [ já nao era legal ] mas agora coloca-nos outra questao...

o estado tem interesse sim senhora! como disses-te muito bem chupanos o dinheiro tudo .. ao preço tao caro que se mantem, ainda por cima incluido o iva, mas se o tabaco é tao projudicial e ta a por em risco ( nao so quem fuma como quem leva com o fumo ) entao devemos considerar um perigo imimente!! para o cidadão!! entao porque é que fazem tanta publicidade a um perigo iminente??? se ele é legal ????

é interessante pensar nisto!



desculpa a massada ;)

sekundareffekt

pedro disse...

fumem apenas maconha... ja foi comprovado milhares de vezes q eh mais benefico q a merda do cigarro...

Anónimo disse...

gostei como explicam as coisas.. eu acho que esta muito bem esplicado... nao podem dizer mal do que la esta escrito porque o que la ta escrito esta certo. porque é verdade fumar mata mas tb m n so quem fuma como qm leva qom o fumo. e alias serviu-me imenso para faxer um trabalho agrdelo quem la escreveu isso... gostei

Anónimo disse...

vao se foder se têm conas enfiem nas no pisso e nos colhoes so querem é foder

Anónimo disse...

so foda pa vao o google e ponham tube8 e satizfassam - se

Anónimo disse...

so foda pa vao o google e ponham tube8 e satizfassam - se

Anónimo disse...

so foda pa vao o google e ponham tube8 e satizfassam - se

Anónimo disse...

TABACO NÃO DROGA SIM

POC disse...

Não sei se o meu comentário ainda será lido por alguém, dado que já lá vão 4 anos... Mas...

Tenho que fazer referencia a quem "ataca" o post que é essencialmente informativo e relacionado de forma restrita a uma questão - tabaco.

É óbvio que não é a única causa de morte, é claro que há muita gente que se declara fumadora e "saudável" até resto da vida. Mas a verdade, é que há reacções e alterações em quem fuma literalmente e quem fuma passivamente, ao ter que se sujeitar ao fumo dos primeiros.

Existem outras coisas viciantes e que levam a situações pouco saudáveis. Curiosamente, não sou adepta, mas como diz o Pedro, está comprovado que faz menos mal... ou tem menos efeitos de degradação orgânica, coisas que não são legais...

Quanto ao amor, esse amor que descreves, é reflexo de um desequilíbrio e enorme carência! Sabes que o vicio surge essencialmente pelo facto de carências afectivas?!

Uma vida saudável pressupõe equilíbrio em todos os sentidos, físico, psicológico, emocional. E normalmente, um problema num deles reflecte já problemas noutro deles. Olhamos normalmente para o corpo, e não vemos que a doença, ou problema físico, não é mais do que a forma de um dos outros dois se manifestar e chamar a atenção para o estado interior/intimo da pessoa em questão.

A propósito, isto não é um comentário em defesa do não fumador. Infelizmente, eu sou um exemplo, de certa forma, do que escrevi. Também comecei a fumar, fora, até do período "normal", e sei o porquê. Ainda digo mais, FELIZMENTE, foi apenas no tabaco que me "apoiei".

Acho apenas, que antes de escreveres um comentário com ar de descompostura, deverias ponderar que tipo de post é, e de todo não é mais do que informativo...

Anónimo disse...

nossa tem um series de erros ai, umas palavras sem sentido,
uma escritura bem fora no normal..

Anónimo disse...

oasdpiksocfjkjc

Anónimo disse...

edfgewew